Papa: não deixemos nunca de aprender com Maria

Cidade do Vaticano (RV) – O Papa Francisco enviou nesta quinta-feira, 20/11, uma mensagem por ocasião da Sessão Pública das Pontifícias Academias 2014, realizada em Roma sobre o tema “Maria Ícone da infinita beleza de Deus”: o encontro foi preparado pela Pontifícia Academia Mariana Internacional. Presente, entre outros, o Cardeal Gianfranco Ravasi, Presidente do Pontifício Conselho para a Cultura. A Sessão quer recordar também a figura do novo Beato Papa Paulo VI e o documento Marialis Cultus, sobre Maria e o culto que a Igreja lhe dirige, passados 40 anos da sua publicação, em 2 de fevereiro de 1974. Durante os trabalhos o Cardeal Secretário de Estado, Pietro Parolin entregou, em nome do Santo Padre, o Prêmio das Pontifícias Academias para o âmbito da Mariologia.

Na sua mensagem - lida pelo Secretário de Estado - o Papa Francisco escreve: “não deixemos nunca de aprender com Maria, de admirar e contemplar a sua beleza, de nos deixarmos guiar por ela, que nos conduz sempre à fonte originária e à plenitude da beleza autêntica, infinita, a de Deus que se revelou em Cristo”. Francisco recorda que o Beato Paulo VI sempre se dirigiu à Virgem Maria “nos momentos cruciais e difíceis para a Igreja e para a humanidade”, para lhe pedir “proteção” e invocar o “dom da paz”.

Durante o encontro foi entregue o prêmio das academias, no valor de 20 mil euros, à Associação Mariológica Interdisciplinar Italiana, responsável pela publicação da revista ‘Theotokos’, e uma medalha do pontificado ao Centro Mariano de Difusão Cultural, no México.

A Sessão teve ainda a apresentação de um filme com a homilia pronunciada por Paulo VI a 8 de dezembro de 1965, no encerramento do Concílio Vaticano II, na qual o beato “confiava a Maria os destinos da Igreja, profundamente renovada nas sessões conciliares”, como assinalou o Papa Francisco. (SP)