Vim dizer-vos que Jesus não vos abandona - Papa em Tacloban

 

Num imenso terreno em frente do Aeroporto de Tacloban, destruído, tal como toda a cidade,  a 4 de Novembro de 2013, pelo maior tufão até hoje conhecido, o Papa celebrou Missa perante centenas de milhares de fiéis dessa região central do arquipélago filipino.

Assim como os outros concelebrantes e os fiéis, foi coberto por uma capa de chuva amarela que o Papa presidiu a essa Missa. Uma Missa excepcionalmente tocante; emoção acentuada pela aproximação da tempestade tropical à região (fustigada por uma chuva intensa e forte vento).

O Papa pediu desculpas por pronunciar a sua homilia em espanhol, deixando de lado o texto inicialmente previsto em inglês. Vou-vos confiar uma coisa – disse o Papa falando de todo o coração: logo que vi a catástrofe Iolanda a partir de Roma, senti que devia vir aqui.

E o Papa foi direito ao centro da sua mensagem: vim dizer-vos que o Senhor não vos abandona, não vos deixa cair – exclamou, traduzido em inglês, para os fiéis, por um prelado da Secretaria de Estado do Vaticano. Cristo passou por todas calamidades que experimentamos; passou por todas as provações, exclamou o Pontífice. E é por isso que é capaz de nos perceber e chorar connosco, de nos acompanhar nos momentos mais difíceis mais difíceis da vida. Ao pé da Cruz estava a sua mãe – continuou o Papa – convidando os fiéis a pegar Nossa Senhora nas mãos e a chamá-la Mãe, assim como quando uma criança tem medo pega nas mãos da mãe.

Depois o Papa Francisco rezou em silêncio com os milhares de fiéis reunidos sob a chuva. A meio da Missa abraçou diversos sobreviventes do tufão que levaram as ofertas ao altar.

No fim da celebração, deu graças a Deus, pedindo-lhe, de modo particular, para dar esperança aos fiéis e, depois, trazendo sempre a capa de chuva amarela de plástico, o Papa atravessou a multidão em “papamobile” protegido apenas por um tecto e uma tela de plástico.

Em Tacloban, Antoine Marie Isoire, para a Rádio Vaticano.